Coreia do Norte adverte Japão sobre “autodestruição iminente”

 

(Arquivo) Foto tirada em 4 de fevereiro de 2013 mostra exercício naval no Mar do Japão

A Coreia do Norte advertiu nesta quinta-feira o Japão sobre o risco de “autodestruição iminente” do país por sua aliança com os Estados Unidos, em meio à tensão por mais um tiro de míssil norte-coreano, que, desta última vez, sobrevoou o arquipélago japonês.

A agência oficial norte-coreana KCNA criticou a ex-potência colonial ao afirmar que o “Japão agora vem com as mangas arregaçadas para apoiar os movimentos bélicos de seu amo” contra a Coreia do Norte.

O “vínculo militar” entre os dois aliados se tornou uma “séria ameaça” para a Península Coreana, adverte a KCNA.

“As medidas de resposta norte-coreanas mais duras incluem advertir o Japão a evitar perder o controle para não vislumbrar sua autodestruição iminente” seguindo cegamente os Estados Unidos.

Na terça-feira, a Coreia do Norte colocou o Japão em estado de alerta ao disparar um míssil de médio alcance que passou sobre o leste do arquipélago que caiu no mar, provocando a condenação internacional.

O premier japonês, Shinzo Abe, denunciou o lançamento como “uma ameaça grave, séria e sem precedentes”, e concordou com o presidente americano, Donald Trump, sobre a necessidade de “incrementar a pressão exercida sobre a Coreia do Norte”. Fonte MSN

“Não há Estado hoje que inaugure mais obras que o Maranhão”, diz Flávio Dino em São Mateus

Governador Flávio Dino entrega poço artesiano para melhorar o abastecimento de água no município de São Mateus. (Foto: Divulgação)

O governador Flávio Dino fez uma série de entregas na cidade de São Mateus nesta quinta-feira (31). Foram investimentos em trabalho, agricultura, educação e água. “Não há governo de Estado no Brasil que hoje inaugure mais obras que o Governo do Maranhão”, afirmou Flávio durante conversa com os moradores.

“Só hoje nós entregamos mais equipamentos do que toda a história do Governo do Estado aqui em São Mateus”, acrescentou o governador.

Ele entregou um poço artesiano para melhorar o abastecimento de água no município. São 50 famílias beneficiadas com a inauguração do poço, localizado no povoado São Benedito.

Flávio também entregou 100 carrinhos do Programa Mais Renda, que capacita microempreendedores em diversas regiões do Maranhão.

Em São Mateus, Flávio Dino beneficia mais de 250 famílias de pequenos produtores rurais com mais de kits de irrigação, motocultivadores e forrageiras. (Foto: Nael Reis)

Educação e água

O governador vistoriou as obras do Iema de São Mateus e assinou a Ordem de Serviço para a construção de dois Sistemas Simplificados de Abastecimento de Água.

O pacote de investimento também inclui 83 kits de irrigação de mil metros quadrados com implementos agrícolas. São dezenas de motocultivadores e forrageiras que vão beneficiar mais de 250 famílias de pequenos produtores rurais.

“São Mateus sempre me acolhe bem. Estamos inaugurando obras, fazendo entregas e iniciando novas obras. São muitas ações, e é sempre uma alegria ser muito bem recebido e acolhido aqui”, afirmou o governador Flávio Dino.

IBGE estima que Maranhão tem pouco mais de 7 milhões de habitantes

Levantamento aponta Junco do Maranhão como o município com menor número de habitantes, com a marca de 3.237.

Por G1 Maranhão, São Luís, MA

 

Em estimativa divulgada nesta quarta-feira (30), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Maranhão alcançou a marca de 7.000.229 habitantes. A capital tem uma população de 1.091.868. São Luís está entre os 17 municípios do Brasil com mais de 1 milhão de habitantes.

A segunda cidade mais populosa do Maranhão é Imperatriz com 252.569. São José de Ribamar, que compõe a Região Metropolitana de São Luís, tem 176.418. As dez cidades mais populosas do estado são completadas por Timon (167.619), Caxias (162.657), Paço do Lumiar (122.420), Codó (120.810), Açailândia (111.339), Bacabal (103.359) e Balsas (94.779).

População do Maranhão supera os 7 milhões de acordo com novo levantamento do IBGE (Foto: Reprodução/TV Mirante) População do Maranhão supera os 7 milhões de acordo com novo levantamento do IBGE (Foto: Reprodução/TV Mirante)

População do Maranhão supera os 7 milhões de acordo com novo levantamento do IBGE (Foto: Reprodução/TV Mirante)

O levantamento aponta Junco do Maranhão como o município com menor número de habitantes, com a marca de 3.237.

Os números do IBGE revelam um crescimento populacional no país de 0,77% entre 2016 e 2017. A estimativa tem como referência o dia 1º de julho. Os dados apontam que oi Brasil tem uma população de 207.660.929.

TJ autoriza Uber em São Luís

O desembargador Marcelo Carvalho, do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), determinou hoje (30) a suspensão da eficácia da lei municipal que proibia o uso do aplicativo Uber em São Luís.

A decisão atende a um pedido da Procuradoria-Geral de Justiça do Maranhão (PGJ), feito na semana passada (reveja).

Em seu despacho, o magistrado destaca que proibir o uso de aplicativos de transporte privado é garantir um monopólio ilegítimos aos taxistas (veja trecho abaixo).

Com a decisão, está liberado o uso do aplicativo Uber – e de outros semelhantes – em toda a capital.

Fonte: Blog do Gilberto Léda

Juros Zero chega a mais de 400 financiamentos para pequenos empresários maranhenses

 

O programa Juros Zero, do Governo do Maranhão, se consolida como uma das principais políticas de apoio à economia do estado, ajudando a garantir empregos e saúde financeira das empresas.

Já foram negociadas 409 operações de financiamento, sendo 321 com valores já disponibilizados e 88 operações reservadas, somando R$ 6,58 milhões nos dois meses iniciais de vigência do programa.

O Programa garante financiamento para micro e pequeno empreendedores, com financiamento bancário a custo zero no valor até R$ 20 mil. Os recursos podem ser utilizados para reposição de estoque, capital de giro, reforma, aquisição de matéria prima e contratação de mão de obra. Com o Programa, os empresários têm mais uma opção para lidar com o cenário de crise nacional.

Há oito anos no mercado, Marcela Correa, proprietária de um empreendimento no setor contábil, avalia que o financiamento é importante para dar um fôlego num momento de alta inadimplência: “Temos muitos clientes com dificuldades financeiras e que estão em atraso conosco. Esses recursos serão úteis para reinvestirmos em estrutura e termos um diferencial de mercado nesse momento complicado”.

Segundo o secretário estadual de Governo, Antônio Nunes, o objetivo do Juros Zero é manter a economia equilibrada, apoiando a classe empresarial, responsável pela geração de empregos e produtora de riquezas. “O governador Flávio Dino vê no empresariado um aliado importante para a recuperação da economia maranhense. Por intermédio da classe empresarial é que são gerados empregos e renda para os trabalhadores, bem como geração de receitas tributárias, quando produzem e comercializam bens e serviço.”

O Programa Juros Zero deve movimentar até R$ 92 milhões na economia maranhense. Por meio de parceria com instituição financeira, o Governo do Estado garante o pagamento de juros incidentes sobre financiamentos para empresas de pequeno porte que efetuarem o pagamento das prestações em dia.

Mais dinheiro circulando na economia

Além de apoio financeiro ao pequeno empresariado, o Juros Zero funciona como indutor de injeção de capital na economia. Com maior circulação financeira, a tendência é também a geração de mais emprego e mais renda.

O Programa também tem garantido a circulação financeira para além do limite financiado pelo governo, como explica o Gerente de Relacionamento do Banco do Brasil, Marcelo Botelho. Ele diz que o incentivo aumentou também outros tipos de financiamento: “Com a possibilidade de fazer o empréstimo com os juros pagos pelo governo até o limite de R$ 20 mil, muitos empresários têm aproveitado para fazer financiamento de valores maiores, já que o custo da operação, acaba saindo mais barato”.

Como aderir ao programa

Os interessados em participar do Juros Zero devem possuir empresas de pequeno porte com faturamento anual de até 3,6 milhões. O proprietário de micro e pequena empresa pode solicitar financiamento de até R$ 20 mil em qualquer agência do Banco do Brasil, munido de documentação comprobatória.

Quem pagar o financiamento em dia receberá do governo logo em seguida o valor referente aos juros da operação de crédito. Caso o interessado não possua conta corrente de pessoa jurídica, basta requerê-la junto à instituição bancária.

Mais Empregos

Outra importante ação de apoio ao microempreendedor é o Programa Mais Empregos para pequenas empresas. Com apoio da Secretaria de Estado do Trabalho e Economia Solidária (Setres), por meio do Sistema Nacional de Empregos (Sine), o Governo garante o pagamento de R$ 500 por mês para cada funcionário contratado por empresas de pequeno porte.

São 4.000 novas oportunidades com garantia de todos os direitos trabalhistas, uma vez que a contratação deve ser feita por meio de assinatura da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) do novo funcionário.

Viana – Jardineira ambulante vende ingressos para o show da Tribo de Jah

Uma jardineira personalizada com temas rústicos será uma das atrações deste sábado no Pesque Pague do Arthur, na MA-014, a partir das 10h, em Viana.

O veículo que chama a atenção por onde passa, será o point de venda de ingressos do mega show da banda Tribo de Jah, dia 9 de setembro (sábado), na Cidade dos Lagos, quando a famosa banda de reggae estará completando 30 anos de carreira.

Os ingressos custam R$ 20,00 e 30,00.

Farol do Saber de Viana será recuperado pelo Governo do Estado

Governo inicia obras de recuperação em 26 Faróis dos Saberes

Para o secretário de Estado de Cultura e Turismo, Diego Galdino, a revitalização dos faróis é de fundamental importância para potencializar o uso e acesso às bibliotecas públicas nos municípios maranhenses. (Foto: Handson CHagas)

A primeira etapa das obras de recuperação em 26 Faróis dos Saberes será iniciada este mês pelo Governo do Maranhão nas cidades de São José de Ribamar, Lago Verde, Viana, Rosário e Paulo Ramos. A previsão é que 26 faróis recebam obras de reparos e manutenção, até o final do ano, como parte da ação de melhoria em infraestrutura nas bibliotecas públicas vinculadas à Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur).

Para o secretário de Estado de Cultura e Turismo, Diego Galdino, a revitalização dos faróis é de fundamental importância para potencializar o uso e acesso às bibliotecas públicas nos municípios maranhenses. “A ideia é reativar os espaços de leitura e fomentar os espaços existentes integrando-os aos programas culturais e educativos da comunidade”.

Dos 94 Faróis dos Saberes que estão sob a responsabilidade da Sectur, 68 estão em pleno funcionamento. A avaliação é resultado de vistorias realizadas em todas as unidades, desde o ano passado, pela equipe da Secretaria e que levantou necessidades de melhorias na estrutura física, acervo, acessibilidade, contratação de bibliotecários entre outras ações.

Além das melhorias de infraestrutura está em andamento processo licitatório para aquisição de equipamentos (computadores, mesas, cadeiras, estantes, telões) para 32 faróis, aquisição de acervo para todas as unidades, e lançamento de edital para contratação de 94 bibliotecários que irão trabalhar nos faróis dos Saberes da Sectur.

Os demais faróis com obras de recuperação já contratadas são Barreirinhas, Fortuna, Lago Verde, Carutapera, Paulo Ramos, Presidente Vargas, Rosário, São Luís Gonzaga do Maranhão, Viana e São José de Ribamar.

Em 2016, o Governo do Estado instituiu a Rede Estadual de Bibliotecas ‘Farois do Saberes’ que estavam desativados desde 2013 e foram redimensionados para uma gestão compartilhada pela Sectur e Secretaria de Estado de Educação (Seduc). Das 117 unidades, 23 ficaram sob responsabilidade da (Seduc) e 94 passaram para a coordenação da Sectur.