Por falar nisso….

A palavra mais rica da língua portuguesa

é a palavra Merda.

Esta versátil palavra pode mesmo ser considerada um coringa

da língua portuguesa.

 

Vejam os exemplos a seguir:

1) Como indicação geográfica 1:

Onde fica essa MERDA?

2) Como indicação geográfica 2:

Vá a MERDA!

3) Como indicação geográfica 3:

17:00h – vou embora dessa MERDA.

4) Como substantivo qualificativo:

Você é um MERDA!

5) Como auxiliar quantitativo:

Trabalho pra caramba e não ganho

MERDA nenhuma!

6) Como indicador de especialização

profissional:Ele só faz MERDA.

7) Como indicativo de MBA:

Ele faz muita MERDA.

8) Como sinônimo de covarde:

Seu MERDA!

9) Como questionamento dirigido:

Fez MERDA, né?

10) Como indicador visual:

Não se enxerga MERDA nenhuma!

11) Como elemento de indicação

do caminho a ser percorrido:

Por que você não vai a MERDA?

12) Como especulação de conhecimento

e surpresa: Que MERDA é essa?

13) Como constatação da situação

financeira de um indivíduo:

Ele está na MERDA…

14) Como indicador de ressentimento

natalino: Não ganhei MERDA

nenhuma de presente!

15) Como indicador de admiração:

Puta MERDA!

16) Como indicador de rejeição:

Puta MERDA!

17) Como indicador de espécie:

O que esse MERDA pensa que é?

18) Como indicador de continuidade:

Tô na mesma MERDA de sempre.

19) Como indicador de desordem:

Tá tudo uma MERDA!

20) Como constatação científica dos

resultados da alquimia:

Tudo o que ele toca vira MERDA!

21) Como resultado aplicativo:

Deu MERDA.

22) Como indicador de performance

esportiva: O SANTA CRUZ e o NAÚTICO

não estão jogando

MERDA nenhuma!!!

23) Como constatação negativa:

Que MERDA!

24) Como classificação literária:

Êita textinho de MERDA!!!

25) Como qualificação de governo:

O governo Lula só faz MERDA!

26) Como situação de ‘orgulho/metidez’ :

Ela se acha e não tem ‘MERDA

NENHUMA!’

27) Como indicativo de ocupação:

Para você ter lido até aqui, é sinal que

não está

fazendo MERDA nenhuma!

 

PS: Esta é uma tradução  de um texto de Roberto Fontanarrosa,

humorista e cartunista argentino 

Via Blog do Solda

CORRUPÇÃO! Lidiane Leite é condenada pela Justiça em Bom Jardim

Uma sentença assinada nesta segunda-feira (13) pelo juiz Raphael Leite Guedes titular de Bom Jardim, condenou a ex-prefeita Lidiane Leite por atos de improbidade administrativa. A ação diz respeito aos inúmeros descontos injustificados na remuneração mensal dos servidores do magistério do Ensino Público do Município de Bom Jardim, durante a gestão da ex-prefeita. “Ora, a Lei Municipal 567/2012 estabelece os valores a serem pagos mensalmente aos professores da rede de ensino municipal, devendo o gestor público fiel cumprimento ao pagamento de tais valores, haja vista tratar-se de contraprestação aos seus servidores pelos serviços prestados e que possuem reconhecido caráter alimentar, sendo, portanto, irredutíveis por mera vontade unilateral do gestor público”, destaca a sentença.

Para a Justiça, Lidiane Leite violou o disposto no art. 11, da Lei de Improbidade Administrativa, na medida em que praticou ato contra expresso comando legal e em prejuízo de inúmeros professores que restaram prejudicados com suas obrigações mensais ao ter reduzido, diga-se, unilateralmente e sem qualquer comprovação, os valores mensais que auferiam regularmente. “Em que pese as alegações da demandada em sede de defesa preliminar, não houve comprovação nos autos de ausência de recursos para realização do pagamento dos servidores municipais”, destacou o juiz.

Para ele, a presunção de veracidade dos fatos alegados, no presente caso, milita em favor dos pedidos do Ministério Público, que comprovou todas as alegações realizadas no processo.  “Conforme se vê das provas carreadas aos autos, há extratos bancários, contracheques e declarações dos professores que comprovam a redução salarial sem qualquer motivação e devido processo legal. Destarte, houve violação ao art. 11, inciso I, da Lei 8.429/92, incidindo a ex-gestora na prática de ato de improbidade administrativa”, explica a Justiça.

“Primeiramente, vale ressaltar que a improbidade administrativa é um dos maiores males envolvendo a máquina administrativa de nosso país e um dos aspectos negativos da má administração que mais justificam a implementação de um maior controle social. A expressão designa, tecnicamente, a chamada corrupção administrativa, que, sob diversas formas, promove o desvirtuamento da administração pública de seus preceitos basilares de moralidade, legalidade e impessoalidade, ferindo de morte os princípios da Carta Republicana”, explanou Raphael Leite Guedes ao fundamentar a sentença, ressaltando que o conceito de improbidade é bem mais amplo do que o de ato lesivo ou ilegal em si.

Sobre as penalidades – A Lei 8.429/92 (Lei de Improbidade Administrativa) impôs penalidades para aquelas pessoas que, na qualidade de agente público, pratiquem atos de improbidade administrativa.

Referidas penalidades estão previstas no artigo 12, I, II e III da LIA e são: (i) o ressarcimento do dano; (ii) multa civil; (iii) perda dos valores ilicitamente incorporados ao patrimônio do agente, (iv) perda da função pública; (v) proibição de contratar com o poder público e (vi) suspensão dos direitos políticos.

“Assim sendo, verificada a conduta ímproba e desonesta de agente público na condução de interesses públicos, caberá ao Judiciário a aplicação das reprimendas designadas no citado artigo 12 da referida lei”, alegou o magistrado, adiantando que não se pode desconhecer que as penalidades deverão ser aplicadas obedecendo a parâmetros de proporcionalidade entre a natureza do ato de improbidade e a extensão do dano causado à coletividade, sob pena de serem manchadas como inconstitucionais.

“No que diz respeito à sanção de ressarcimento integral do dano, deve ser ressaltado que, para sua aplicação, nos termos do que preceitua o art. 21, I, da Lei de Improbidade Administrativa, é necessária a efetiva comprovação de dano ao patrimônio público. No caso, os prejudicados foram os servidores públicos com valores auferidos mensalmente em patamar inferior ao devido e não o patrimônio municipal, razão pela qual deixo de condenar a ré, bem como deixo de condená-la à perda da função pública, em razão de não mais ocupar o cargo de Prefeito deste Município”, disse Raphael.

Ele julgou procedente o pedido do MP e decidiu: “Tendo em consideração a gradação da improbidade praticada, sua repercussão no Município de Bom Jardim/MA, bem como as demais diretrizes normativas gravadas no artigo 12, inciso III, e parágrafo único da Lei 8.429/1992, aplico a Lidiane Leite as seguintes penalidades: Suspensão dos direitos políticos pelo período de 05 (cinco) anos; Multa civil no valor correspondente a 50 (cinquenta) vezes ao valor da remuneração percebida pela demandada quando ocupante do cargo de Prefeita Municipal; Proibição de contratar com o poder público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que seja por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo período de 03 (três) anos.”.

“A multa civil deverá ser revertida em favor do Município de Bom Jardim/MA, nos termos do que preceitua o art. 18 da Lei nº. 8.429/92. Ressalto que a suspensão dos direitos políticos determinada por este juízo de direito só se efetivam com o trânsito em julgado da sentença condenatória, nos termos do art. 20 da Lei nº. 8.429/92”, finaliza a sentença.

Viana também merece ambulância! Secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, concede entrevista em Viana

Viana – O Secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula (foto), concederá entrevista ao programa “Nossa Hora”,  nesta quarta-feira (15), a partir da 12h, na Rádio Maracu AM, de Viana,

Na oportunidade, Lula falará dos investimentos do Governo Estadual na área de saúde na Baixada Maranhense, onde foi anunciada a construção de um hospital regional de 50 leitos, a ser edificado no Residencial Frei Serafim de Viana, na MA 014.

A expectativa dos ouvintes é grande, pois o sistema de saúde do município pólo é precário e ainda tem que suprir as demandas de municípios vizinhos, entre eles, Penalva, Cajarí, Matinha, Olinda Nova, São Vicente, Pedro do Rosário e São João Batista.

Sem ambulância

Ontem, 14, um paciente que sofreu um assalto e foi baleado, ficou durante horas agonizando no Hospital Dr. José Murad, aguardando uma ambulância emprestada do município de Matinha, pois o veículo que atende a casa de saúde está sucateado e não serve mais para acompanhar a procissão que se desloca todos os dias em busca de atendimento na capital.

Prefeitura de Matinha já recebeu a sua ambulância do Governo do Estado

A população aguarda ansiosamente que o secretário Lula anuncie boas novas para Viana e as cidades vizinhas, historicamente abandonadas pelo poder estadual, afinal, a atual gestão do município é aliada de primeira hora do Palácio dos Leões, como foi demonstrado na campanha eleitoral para prefeito.

“Lista de Transparência” traz 17 nomes flagrados por trabalho escravo no Maranhão

Obtida através da Lei de Acesso à Informação (LAI), a “Lista de Transparência sobre Trabalho Escravo Contemporâneo” traz dados de empregadores autuados em decorrência de caracterização de trabalho análogo ao de escravo e que tiveram decisão administrativa final. A solicitação busca garantir transparência à política de combate a essa violação aos direitos fundamentais enquanto o governo federal não voltar a divulgar a informação, como costumava fazer.

Os dados sobre flagrantes que caracterizaram trabalho escravo tornaram-se o centro de uma polêmica após o Ministério do Trabalho, órgão responsável por sua publicização semestral desde 2003, evitar, na Justiça, a divulgação do cadastro de empregadores flagrados por esse crime, a chamada “lista suja“. O Ministério alega a necessidade de aprimorar as regras a fim de não prejudicar empregadores.

A “Lista de Transparência” foi enviada pelo poder público na segunda (13), em resposta à LAI, e abrange o período entre dezembro de 2014 e dezembro de 2016.

Confira os nomes:

Alexandre Vieira Lins 360.426.924-53 Fazenda Sara – Rod. BR 135, km 122, Miranda do Norte/MA 4 0151-2/01 19/06/2015

Antônio Macedo Costa 550.188.233-72 Fazenda São Francisco (Fazenda Pequizeiro) – Povoado Pequizeiro, zona rural, Vitorino Freire/MA 11 0151-2/01 03/06/2016

Antônio Richart 369.216.619-20 Fazenda Morro Alto – Rod. BR 222, km 86, adentro 18 km, Vila Nova dos Martírios/MA 6 0115-6/00 15/10/2015

Azilda Pereira de Sousa 247.005.253-04 Fazenda Nova Esperança – Estrada do Iúma, km 52, Brejão, zona rural, Bom Jardim/MA 10 0151-2/01 25/07/2016

Domingos Moura Macedo 176.076.203-20 Fazenda São Francisco/ Fazenda Bela Vista – Rod. BR 316, km 384, estrada Bacabal a Alto Alegre, zona rural, Bacabal/MA 8 0151-2/01 01/04/2015

Humberto Dantas dos Santos 663.398.205-49 Fazenda Garrafão – Antigo Povoado do Garrafão, zona rural, Bom Jardim/MA 6 0151-2/01 15/10/2015

José Wilson de Macedo 077.761.363-87 Fazenda Santa Luz – zona rural, Peitoró/MA 12 0151-2/01 13/02/2015

Marcelo Testa Baldochi 109.067.228-45 Fazenda Vale do Ipanema – zona rural, Bom Jardim/MA 4 0151-2/01 23/03/2015

Miguel Almeida Murta 494.352.306-44 Fazenda Boa Esperança – Gleba Bambu, Povoado Córrego Novo, zona rural, Açailândia/MA 5 0151-2/01 19/01/2015

Miguel de Souza Rezende 013.448.971-34 Fazenda Zonga – Rio dos Bois, Rod. BR 222, km 535, zona rural, Bom Jardim/MA 1 0151-2/01 08/06/2015

Nilo Miranda Bezerra 001.964.363-20 Fazenda Palmeirinha/ Pau de Terra – Estrada de Carolina a Balsas, 5 km, à esquerda, 18 km, zona rural, Carolina/MA 3 0151-2/03 14/05/2015

Palmireno dos Santos Silva 222.885.895-15 Fazenda Victória – Estrada do Rio dos Bois, zona rural, Bom Jardim/MA 11 0151-2/01 11/02/2016

Raimundo Nonato Alves Pereira 100.870.363-04 Fazenda Santa Cruz – zona rural, Santo Antônio do Lopes/MA 3 0151-2/01 26/03/2015

Raimundo Nonato Oliveira Lima 146.513.433-68 Fazenda São Pedro – Rod. BR 316, Povoado São João das Neves, 11 km, zona rural, Peritoró/MA 3 0151-2/01 28/03/2016

Sebastião Lourenço Rodrigues 149.527.343-15 Fazenda Tamataí – Povoado Brejo do Piauí, zona rural, Santa Luiza/MA 7 0151-2/01 17/04/2015

Teresinha Almeida dos Santos Silva 437.453.503-91 Fazenda Norte e Sul (Fazenda Sozinha) – Povoado Caldeirão, zona rural, Altamira do Maranhão/MA 21 0151-2/01 04/07/2016

Zurc – Saneamento e Construções Ltda 07.073.558/0001-46 Obra da UFMA – Avenida da Universidade, Bom Jesus, Imperatriz/MA 17 4120-4/00 28/08/2015

Via Blog do Diego Emir

Barcelona contrata garoto maranhense, diz site

Do Globoesporte.com

Considerado uma das principais joias da base do Grêmio desde os nove anos de idade, Emanuel Ferreira, o Manu, deixou o clube. Há pouco menos de um mês, o menino hoje com 11 anos recebeu convite para realizar treinos com o Barcelona e não voltou mais. O Tricolor considera o caso aliciamento e promete ingressar na Fifa contra os espanhóis. O Barça, em posição oficial ao jornal As, da Espanha, afirmou que o garoto não foi contratado e só esteve para avaliação a pedido de um empresário, mas que não interessa ao clube.

Manu não se reapresentou no CT do Cristal, local onde a Escola do Grêmio realiza seu trabalho com as crianças. Nos últimos dias, seu pai, que ganhou um emprego de segurança do clube, também pediu demissão. Procurado pela reportagem do GloboEsporte.com, José Raimundo Ferreira não retornou os contatos.

Manu-ao-lado-das-estrelas-do-Barcelona-Suárez-e-Messi

Segundo o diretor jurídico do Grêmio, Nestor Hein, Manu vestirá as cores do Barcelona. Estará por dois anos em uma escolinha ligado ao clube e depois passará a treinar nas canteras, como são chamadas as categorias de base do time de Messi, Neymar e Suárez– Ele tem relação federativa com o Grêmio, mas foi aliciado pelo Barcelona. Levaram ele para Barcelona e ele não voltou. O pai se demitiu aqui. O Barcelona já fez isso outras vezes e já foi punido. Ele vai ficar dois anos em uma escolinha e depois se vincula ao clube – explicou o diretor jurídico Nestor Hein ao GloboEsporte.com.

Manu esteve nas dependências do Barcelona em fevereiro. Nas redes sociais, compartilhou diversas fotos vestindo o fardamento do clube catalão. Uma delas, após a classificação épica sobre o PSG, pela Liga dos Campeões, quando os espanhóis aplicaram 6 a 1 nos franceses e reverteram a derrota por 4 a 0 no primeiro jogo.

Desde fevereiro, integrantes da Escola de Futebol, como o coordenador William Mikhailenko, negavam a saída do jovem. Agora, porém, o Grêmio admite ter perdido sua joia. O clube acredita que o garoto se deslumbrou ao conhecer e tirar fotos com os craques do trio MSN.

No Tricolor, há o entendimento que houve aliciamento por parte dos catalães. O clube angaria documentos e promete medida na Fifa entre quinta e sexta-feira. O Barça nega. Segundo o jornal espanhol As, o posicionamento oficial do clube catalão disse que o menino não foi contratado e nem há a intenção de contratá-lo. Segundo a fonte ouvida pelo diário, Manu teria feito um “par de treinos” no clube com garotos de sua idade e “nada mais” para uma avaliação, a pedido de seu agente.

SOBRE A JÓIA

O GloboEsporte.com apresentou Manu em 2015, após uma aparição para o grande público. Antes de um jogo do Gauchão, o garoto esteve no gramado da Arena, fez embaixadinhas e bateu bola com outras pessoas. Encantou e chamou atenção pela qualidade técnica.

Natural da cidade de Rosário, no Maranhão, o menino foi aprovado em 20 minutos de teste feito no Grêmio em 2014 e recebeu convite para ficar. Ele disse ter escolhido vestir as cores do clube, já que tinha opções como São Paulo e Atlético-MG.

Na entrevista, o meia falou sobre uma de suas inspirações, o meia Douglas, e também deixou claro, já naquele momento, que tinha o sonho de jogar na Europa. Internamente, os dirigentes da base gremista sempre teceram muitos elogios à qualidade técnica e de drible do garoto, canhoto e bem superior aos companheiros de categoria.