O milagre da multiplicação dos Peixes: Prefeitura de Viana vai torrar apenas R$ 180 mil em megaestrutura de palco, som e mais 20 BANDAS, enquanto em outros municípios a farras custam em média até 1,5 milhão para patrocinar o Carnaval. Aí tem…

Viana – Cobrar transparência com as verbas públicas da nova gestão municipal não mais fáceis para o sofrido povo de Viana, na Baixada Maranhense.

Enquanto diversas prefeituras do Maranhão resolveram cancelar o Carnaval 2017 por falta de verbas, em Viana, o prefeito Magrado Barros (PSDB) que acabou de dar um calote nos servidores públicos comissionados, prestadores de serviços e fornecedores, está divulgando uma nababesca festa momesca, com nada mais nada menos que 20 bandas, 5 dias de folia, mega estrutura de som, com 2 super palcos, 3 circuitos, painel de led em alta definição e super camarotes para seu convidados.

Comenta-se que várias autoridades estaduais e nacionais, entre elas o controvertido Dep. Federal Waldir Maranhão e o Chefe da casa Civil, Marcelo Tavares devem marcar presença para aproveitar os banquetes que serão servidos nos suntuosos camarotes de “Macho Véi”.

O MILAGRE DA MULTIPLICAÇÃO

Enquanto ou com o mesmo porte de Viana anunciam cifras milionárias para bancar a folia com dinheiro público, a de Viana anuncia apenas uma bagatela de R$ 180 mil reais, conforme o Aviso de Licitação publicado no Diário Oficial dos Municípios.

Segundo a publicação, a contratou a empresa ABL Produções montar toda a estrutura do Carnaval por pela bagatela de R$ 180.000,00 (cento e oitenta mil reais).

Só para efeitos comparativos (veja banners de divulgação) a cidade de Carolina, município do mesmo porte de Viana, vai torrar somente com a festa momesca, o valor exorbitante de R$ 1.526.500 milhão, com a contração de 7 bandas e estrutura de som bastantes modestas em relação a Viana, com apenas um trio elétrico.

Em Carolina, somente a estrutura do Carnaval saiu por R$ 1.328.500 milhão. (ver documentos). Qual o milagre de uma mega produção custar tão barato em Viana?

BANDAS CARAS

As badaladas bandas Chicabana, Forró Sacode, Moleca Sem Vergonha, bandas baianas, Pêpê Júnior entre outros artistas, formam o circuito musical que vai sair com a burra cheia de Viana, mas os valores que eles vão levar ninguém vai. Comentam que somente a Chicana cobra cachê de 100 mil reais para tocar duas horas no carnaval.

Viana tem um dos piores IDH do Estado, saúde precária, infraestrutura com esgoto a céu aberto, carente de empregos e completo abandono há muitas décadas pelo executivo estadual.

Entretanto, o grupo político que assumiu o poder, parece que vai reinventar a pólvora com uma fórmula bastante conhecida: pão, circo e cachaça para entreter o povo incauto, enquanto o verdadeiro milagre, este da MULTIPLICAÇÃO DAS VERBAS, está acontecendo mesmo é no bolso deles.

SERÁ QUE O MINISTÉRIO PÚBLICO DE VIANA ESTÁ DE PORTAS ABERTAS NESTA SEMANA?

Com informações do blog do Neto Ferreira.

Assembleia Legislativa aprova reajuste para todos os servidores públicos do Estado

A Assembleia Legislativa aprovou, na sessão plenária desta terça-feira (21), um projeto de lei, de autoria do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que concede reajuste salarial de 6,3% a todos os servidores públicos do Maranhão, com efeito retroativo a 1º de janeiro de 2017.

Inicialmente, o TCE havia proposto um reajuste de 10,67% apenas aos servidores efetivos da carreira de especialista do órgão. Contudo, a matéria sofreu alteração após aprovação de uma emenda modificativa, de autoria do deputado Fábio Braga (SD), adaptando o percentual e estendo a toda esfera do funcionalismo público do Estado.

A emenda do deputado Braga atende ao disposto no artigo 37, inciso X, da Constituição Federal, que garante a revisão geral anual, com o objetivo de resguardar a remuneração e os subsídios dos servidores públicos dos efeitos nefastos da inflação.

Vale ressaltar que essa recomposição repõe apenas a inflação do ano de 2016, que foi de 6,2%. Na proposta original do TCE, o reajuste traria a reposição da inflação do ano de 2015, que era de 10,67%.

A matéria seguiu para sanção do governador Flávio Dino. O SINTSEP espera que o Executivo tenha sensibilidade e não vete o projeto de lei, garantindo, assim, o reajuste salarial dos servidores. Estamos de olho! (Fonte: portal do Sintsep-MA)

Folia dos Conterrâneos e Amigos de Viana

Um registro da galera bonita e animada que prestigiou no último sábado (18), mesmo com muita chuva, a Folia dos Conterrâneos e Amigos de Viana – uma boa sacada de Magno Froz que reuniu muitos amigos e conterrâneos em uma festa de pré-carnaval do jeito que os vianenses gostam, com marchinhas dos antigos carnavais,  no bairro Cohama, em São Luís.

Fotos obtidas em Redes Sociais

Preso e acusado de participação a assalto a banco no MA é natural de Matinha-MA

Fábio Júnior Mendanha Mendes tem 28 anos e é natural de Matinha. Primeiros meses de 2017 já foram cumpridos 55 mandados de prisão.

Fábio Júnior Mendanha Mendes é suspeito de participar dos assaltos às agências bancárias de Cajari e São Mateus (Foto: Divulgação/SEIC)

Do G1 MA

Uma operação da Polícia Civil por intermédio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) prendeu nesta terça-feira (21) no bairro Maracanã, situado na zona rural de São Luís, Fábio Júnior Mendanha Mendes, de 28 anos. Ele é suspeito de participar de assaltos em agências bancárias no Maranhão.

Segundo a polícia Fábio, que também é conhecido como “cegonha”, é natural do município de Matinha, a 222 km da capital, e é suspeito de ter participado da explosão aos caixas eletrônicos do Banco do Brasil (BB) das cidades de Cajari e São Mateus do Maranhão nos meses de novembro e dezembro do ano passado.

Fábio Júnior Mendanha Mendes foi levado para o Complexo Penitencário de Pedrinhas, no bairro Pedrinhas, em São Luís, onde ficará à disposição da Justiça.

De acordo com a Polícia Civil, só nesses primeiros meses de 2017 já foram cumpridos 55 mandados de prisão em face de assaltantes de banco.