Eleições em São Luís impõem derrota a Sarney

Na capital do Maranhão, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), quanto o adversário Eduardo Braide (PMN) se recusaram a receber apoio da família Sarney, hoje rejeitada por parte da população de São Luís

José-SarneyO ex-presidente José Sarney (PMDB), um dos importantes caciques políticos nordestinos, sai derrotado, respectivamente, das eleições em São Luís.

Na capital do Maranhão, tanto o prefeito reeleito, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), quanto o adversário Eduardo Braide (PMN) se recusaram a receber apoio da família Sarney, hoje rejeitada por parte da população de São Luís.

“Ninguém queria a família Sarney. O PMDB e a família Sarney apoiaram a candidatura do Eduardo Braide. Foi uma consolidação da vitória do [governador Flávio] Dino, com o governo do Estado e a prefeitura da capital contra a família Sarney. Pela primeira vez, você tem a consolidação de uma força antifamília Sarney”, observou o cientista político Vannuncio Pimentel.

Dois anos após perder o governo do Maranhão para Flávio Dino (PC do B), o grupo político do ex-presidente chegou às eleições municipais dividido entre os quatro principais candidatos à Prefeitura de São Luís.

Sem um nome competitivo para disputar as eleições na capital, o grupo do ex-presidente viu o PMDB lançar a candidatura do vereador Fábio Câmara à revelia de caciques do partido, como a ex-governadora Roseana Sarney e o senador Edison Lobão. O candidato não chegou ao segundo turno.

Do UOL

Tribunal suspende direitos políticos de ex-prefeito de Bacabal

Raimundo Nonato Lisboa também deverá pagar multa civil equivalente a 100 vezes a remuneração do cargo

raimundo

Os desembargadores da 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) mantiveram duas sentenças que condenaram o ex-prefeito de Bacabal, Raimundo Nonato Lisboa, ao pagamento de multa civil equivalente a 100 vezes a remuneração do cargo; à suspensão dos direitos políticos e proibição de contratar com o Poder Público, ambos pelo prazo de três anos. Raimundo Lisboa foi condenado de acordo com a Lei de Improbidade Administrativa e ações que tramitaram no juízo da 1ª Vara da Comarca de Bacabal.

As duas ações civis públicas foram propostas pelo Ministério Público do Maranhão (MPMA), atribuindo ao ex-prefeito a conduta de contratação irregular de servidores sem prévio concurso público, durante exercícios anteriores, configurando ato de improbidade administrativa.

Em dois recursos contra condenações semelhantes, o ex-gestor pediu a redução da pena imposta e pontuou que as contratações teriam o fim de atender excepcional interesse público, cobrindo falta de professores. Afirmou que não houve demonstração de dolo, lesividade, malversação de recursos ou má-fé do administrador, entre outros argumentos.

O relator do processo, desembargador Marcelo Carvalho, frisou os casos de contratação irregular tratados nos processos, conduta que se enquadra em dispositivos da Lei de Improbidade Administrativa, atentando contra princípios da Administração Pública, independentemente de ter causado dano ao erário. (Voa Blog do Neto Ferreira)

Governador Flávio Dino se encontra com pequenos e médios agricultores na abertura da 1º Agritec de Viana

 

Agricultores do programa Mais Produção recebem 35 termos de fomento no valor de R$ 3.930,00 para desenvolvimento da agricultura familiar. (Foto: Gilson Teixeira/Secap)

Agricultores do programa Mais Produção recebem 35 termos de fomento no valor de R$ 3.930,00 para desenvolvimento da agricultura familiar. (Foto: Gilson Teixeira/Secap)

A manhã desta sexta-feira (29) foi de muita alegria e comemoração por parte dos pequenos e médios agricultores de Viana. O motivo para tanto foi a abertura da 1º Feira da Agricultura Familiar e Agrotecnologia do Maranhão (Agritec), que também contou com a presença do governador Flávio Dino, além do secretário de Estado da Agricultura Familiar (SAF), Adelmo Soares, e do deputado federal, Rubens Pereira Jr.

Secretário Adelmo Soares durante a abertura da 1º Agritec de Viana. (Foto: Gilson Teixeira/Secap)

Secretário Adelmo Soares durante a abertura

da 1º Agritec de Viana.

(Foto: Gilson Teixeira/Secap)

Durante o encontro, Flávio Dino destacou que o governo luta ao lado das pessoas, executando políticas públicas para o crescimento do Maranhão. “Ninguém faz nada sozinho. Estamos nidos em causa que já é vitoriosa. Vejam todas possibilidades apresentadas na Agritec”, disse o governador. Durante o encontro também foi assinado o Termo de Cooperação Técnica com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para apoio ao Programa de Aquisição de Alimentos.

Em 2016, a Agritec gerou negócios e contratos na ordem de quase R$ 3 milhões e atraiu cerca de 55 mil visitantes. A iniciativa visa desenvolvimento do setor rural no MA, além de criar espaços para troca de experiências e ampliar o conhecimento tecnológico. De acordo com o secretário de Estado da Agricultura Familiar, Adelmo Soares, as Agritecs, que por sinal estão na sua oitava edição, ajudam a construir uma economia mais forte. “Estamos aprendendo e construindo Agritecs cada vez mais fortes, gerando renda para quem precisa”, destacou.

Deputado federal Rubens Pereira Jr durante a abertura da 1º Agritec de Viana. (Foto: Gilson Teixeira/Secap)

Deputado federal Rubens Pereira Jr durante

a abertura da 1º Agritec de Viana.

(Foto: Gilson Teixeira/Secap)

Fábrica clandestina de cerveja é desmontada em São Luís

Uma fábrica clandestina de falsificação de cervejas foi fechada na manhã de hoje após dias de investigação. A fábrica funcionava na área do Gapara na capital, no local foram apreendidas várias cervejas falsificadas.

1477575465-280845677

Após várias denúncias recebidas, um grupo de serviço da Polícia Militar chegou ao local e constatou que de fato ocorria a falsificação de bebida no local.

A fábrica funcionava em uma residência que fica localizada na Rua Dom Paulo Pontes, Bairro São João, na Região do Gapara.

No local foram apreendidas 40 máquinas de cerveja e uma máquina de prensa.

1477575505-280845677De acordo com informações policiais, os falsificadores trocavam os rótulos das bebidas e as tampas das cervejas vendendo cervejas mais baratas em rótulos mais caros.  Os produtos falsificados eram destinados para bares e eventos em vários locais da cidade.

O caso foi encaminhado ao 5°DP e continuará sendo investigado. (Blog Luis CBebidas falsificadasardoso)

AGORA VAI? Bancada do MA destina R$ 60 milhões para Diques da Baixada

diques_baixada

A bancada de senadores e deputados federais do Maranhão conseguiu incluir na proposta de Orçamento Geral da União de 2017 uma emenda de R$ 60 milhões de reais para o projeto “Diques da Baixada”.

O projeto, que será executado pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), tem como objetivo o controle das áreas de inundação, solucionando o problema de salinização dos campos, provocada pela água do mar, que invade os rios e torna as áreas improdutivas, além de reduzir o volume de água para o consumo.

Entre as várias iniciativas dos parlamentares da bancada maranhense para a inclusão do projeto Diques da Baixada no orçamento da União para 2017, o senador Roberto Rocha havia enviado, na última quinta-feira, 20, ofício ao relator da comissão responsável pelo projeto, senador Waldemir Moka, solicitando, enquanto representante dos deputados e senadores maranhenses, atenção especial ao projeto, como esperança de transformação socioeconômica de uma das regiões mais pobres do país, e a oportunidade de beneficiar, diretamente, mais de hum milhão de pessoas com água própria para o consumo, além de ampliar a fronteira agrícola e pecuária do estado.

Em março deste ano, por ocasião do aniversário do Fórum da Baixada Maranhense , o senador Roberto Rocha foi homenageado por sua atuação parlamentar em prol dos projetos voltados para a baixada maranhense, em especial, o projeto “Diques da Baixada”.

Retirada

Enquanto a bancada maranhense trabalha pela garantia de recursos para a obra, o governo Flávio Dino (PCdoB) faz o caminho inverso.

Em dezembro do ano passado, o Blog do Gilberto Léda revelou que o comunista decidiu cancelar uma dotação orçamentária de nada menos que R$ 42,8 milhões, que seriam utilizados justamente para “Construção e Melhoramento de Diques e Barragens” (saiba mais). (Blog do Gilberto Lda)

Tribunal suspende quebra de sigilo telefônico de jornalista

sigilo-telefo%cc%82nico

O juiz federal, o maranhense Ney Bello

O juiz federal, o maranhense Ney Bello: decisão acertada

(FOLHA DE SÃO PAULO) – O TRF (Tribunal Regional Federal) da 1ª Região suspendeu nesta quarta-feira (26) a decisão judicial de primeira instância que havia quebrado o sigilo telefônico do jornalista Murilo Ramos, da revista “Época”.

A ação em favor do jornalista foi movida pela Aner (Associação Nacional de Editores de Revista) e teve o apoio do Conselho Federal da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

Em sua decisão, o desembargador do TRF Ney Bello afirmou que um jornalista “pode cometer crime e pode ser investigado como todo e qualquer cidadão, mas não pode ser investigado –ele pessoalmente– exclusivamente para a obtenção da identidade da fonte, quando não for suspeito de delitos”.

Segundo a revista “Época”, a juíza Pollyana Kelly Alves, da 12ª Vara Federal de Brasília, havia autorizado no dia 17 de agosto a quebra do sigilo telefônico de Ramos para supostamente identificar possíveis fontes de uma reportagem que tratou de dados do Coaf, órgão vinculado ao Ministério da Fazenda.

De acordo com a revista, o pedido à Justiça foi feito pelo delegado da Polícia Federal João Quirino Florio, com o aval da procuradora da República do Distrito Federal Sara Moreira de Souza Leite.

O presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia, disse que a decisão do desembargador Ney Bello “está de acordo com os princípios estabelecidos na Constituição Federal, com a liberdade de imprensa e com o direito de informação inerente à cidadania”.

Governo abre nesta quinta-feira (27) primeira Agritec do município de Viana

Governador Flávio Dino realizou a abertura da 1° Agritec do município de Zé Doca que reúne agricultores e produtores familiares de 18 municípios da região. Foto: Gilson Teixeira/Secap

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF), realiza nesta quinta-feira (27), a abertura da primeira edição da Feira de Agricultura Familiar e Agrotecnologia do Maranhão (Agritec) em Viana, em benefício de trabalhadores rurais e agricultores do Território Campos e Lagos.

A Agritec de Viana acontece até o sábado (29), na Avenida Luís de Almeida Couto, MA 014, km 36, bairro Vinagre. A expectativa de sediar uma edição da Agritec está sendo bem recebida pelos agricultores. Só este ano, mais de 4 mil agricultores familiares foram capacitados com as edições da Agritec nos municípios de Codó, Grajaú e Zé Doca. Além disso, a Feira gerou negócios e contratos na ordem de R$ 2.958.741,00 e atraiu cerca de 55 mil visitantes.

14642071_1236841733043794_1803230749216438040_n

“A Agritec é um avanço nas políticas públicas para o desenvolvimento da agricultura familiar. É uma feira que revoluciona e sempre deixa legado positivo com capacitações e treinamentos, pois, o objetivo do governo Flávio Dino é desenvolver o Maranhão por meio do conhecimento e da produção”, enfatizou o secretário de Estado da Agricultura Familiar (SAF), Adelmo Soares.

Agritec

A Agritec integra um conjunto de ações para o desenvolvimento do setor rural em todo o estado e tem o objetivo de criar espaços para troca de experiências e ampliar o conhecimento tecnológico para beneficiar os agricultores familiares do estado. É uma realização do Governo do Estado, por meio do Sistema SAF (Secretaria de Estado da Agricultura Familiar – SAF, Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural – Agerp e Instituto de Colonização e Terras do Maranhão – Iterma), em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-MA), Prefeitura.

SECAP-MA.