Arrogante e prepotente, Magrado foge do debate realizado pela Pastoral da Igreja de Viana

debate

Viana – A Pastoral Social da Diocese  de Viana fez o papel que caberia às emissoras de rádio e TV locais: organizou e realizou hoje (29), no Centro de Treinamento, na Praça da Matriz, um importante debate entre os candidatos a prefeito, dando uma grande contribuição democrática ao eleitorado e ao público em geral, sobre as qualidades administrativas, ideias e propostas para quem pretende administrar o Município nos próximos anos.

34764b00-05db-46bc-a13d-31c50e007a5c

Comparecerem os candidatos, Chico Gomes, Carrinho Cidreira, Major Ferreira, Lênin Costa e Jones Pedra.

O candidato da Coligação Avança Viana, Magrado Barros, acuado com inúmeras denúncias de agiotagem, despejo por falta de pagamento de aluguel e de furtar energia elétrica em suas farmácias em São Luís, desrespeitou o convite da Igreja e sequer respondeu ao convite.

60868e5c-dd74-40a5-924d-d6a7b1c86b55

Despreparado, vazio e sem propostas, talvez tenha poupado os presentes com suas asneiras. Afinal, os vianenses não merecem mais um POSTE, INCOMPETENTE, para comandar a cidade em um momento de crise e que precisa de um gestor preparado para lidar com as dificuldades que o País atravessa.

6dacffc5-b8a6-4b67-a218-bf82bf916564

50eb8ac8-37ac-4157-a6e2-7bad8bea98bc

76c48bdd-6081-46b0-b33b-30ad2abe1549

Neste sábado tem o ARRASTÃO DO 12 em Viana

ARRASTÃO

A Coligação Avança Viana realiza neste sábado (01/10), O ARRASTÃO DO 12, com saída do Povoado São Pedro, na MA-014.

O movimento começa a partir da 8 da manhã, segue pela MA, com término na Praça de Alimentação, na Av. Luis Couto, ao lado da Rodoviária, às 12.

Veja abaixo a ATA DA AUDIÊNCIA que selou acordo entre as duas coligações no Fórum Eleitoral, para a realização dos eventos finais desta campanha em Viana.

ata de audiencia (1)

Comunidade BARRA DO SOL recebe a Caravana 12, hoje, em mega comício

COMÍCIO BARRA DO SOL

Viana – A Coligação Avança Viana, do candidato à reeleição, Chico Gomes 12, realiza mega comício de encerramento, hoje, às 20h, na Comunidade da Barra do Sol, que reúne um grande contingente populacional da Cidade dos Lagos. A concentração começa as 18h.

Amanhã (30), sexta-feira, GRANDE CAMINHADA CRAVOS & ROSAS, com saída em frente ao Restaurante Popular e concentração a partir das 16h.

Viana – 10 mil pessoas em um só coração, na Comunidade Mutirão

023004d6-967a-40e4-8a0d-5ccf28232b01

Mais um apoteótico comício foi realizado pela Coligação Avança Viana, do prefeito Chico Gomes 12, nesta quarta-feira (28) desta vez na comunidade Mutirão, bairro que recebeu inúmeros benefícios da atual gestão, entre as mais importantes, Sistema de Abastecimento de Água, com poço artesiano e caixa d’ água, iluminação pública e melhorias na infraestrutura.

cc55ab7e-9b6c-4814-8879-5c8e32190527

O mega comício contou com as presenças ilustres do deputado federal Aluízio Mendes (PTN), e do presidente do FNDE, Gastão Vieira e todas as lideranças da Coligação Avança Viana.

Veja mais imagens:

32c38ee9-8bf7-4167-9c5d-6d0579bdf3a7

804a73d9-0071-4ff8-b70a-04e45b3e65a8


14448938_1107314499357849_6106244450740983813_n

14449044_1107314392691193_904217288290228194_n

14524963_603302276508951_7811660909000556601_o

bfc14658-01fb-4eb6-ab3e-d424542a6ede

c7fc5086-89b2-49e8-ace7-691651a98d6f

 

Cuidados durante a votação

Fávio Braga

Somente os eleitores cujos nomes estiverem cadastrados na seção eleitoral são admitidos a votar. O eleitor pode votar mesmo sem a apresentação do título eleitoral, desde que apresente documento oficial com foto que comprove a sua identidade. Excepcionalmente, poderá votar o eleitor cujo nome não figure no caderno de votação, desde que os seus dados constem do cadastro de eleitores da urna eletrônica.

Para votar, o eleitor deverá apresentar documento oficial com foto que comprove sua identidade.Não será admitida a certidão de nascimento ou casamento como prova de identidade do eleitor no momento da votação. São documentos oficiais para comprovação da identidade do eleitor:

a) carteira de identidade, passaporte ou outro documento oficial com foto de valor legal equivalente, inclusive carteira de categoria profissional reconhecida por lei;

b) certificado de reservista;

c) carteira de trabalho;

d) carteira nacional de habilitação.

Não poderá votar o eleitor cujos dados não figurem no cadastro de eleitores da seção, constante da urna, ainda que apresente título de eleitor correspondente à seção e documento que comprove sua identidade, devendo, nessa hipótese, a mesa receptora de votos registrar a ocorrência em ata e orientar o eleitor a comparecer ao cartório eleitoral a fim de regularizar a sua situação.

Existindo dúvida quanto à identidade do eleitor, mesmo que esteja portando título eleitoral e documento oficial de identidade, o presidente da mesa receptora de votos deverá interrogá-lo sobre os dados do título, documento oficial ou do caderno de votação; em seguida, deverá confrontar a assinatura constante desses documentos com aquela feita pelo eleitor na sua presença e fazer constar na ata os detalhes do ocorrido.

A impugnação à identidade do eleitor, formulada pelos membros da mesa receptora de votos ou pelos fiscais, deve ser apresentada oralmente ou por escrito antes dele ser admitido a votar. Se persistir a dúvida ou for mantida a impugnação, o presidente da mesa receptora de votos solicitará a presença do juiz eleitoral para dirimir a questão.

Na cabina de votação é vedado ao eleitor portar aparelho de telefonia celular, máquinas fotográficas, filmadoras, equipamento de radiocomunicação, ou qualquer instrumento que possa comprometer o sigilo do voto, devendo ficar retidos na mesa receptora enquanto o eleitor estiver votando. O eleitor pode levar uma “cola”, contendo o nome e o número de seus candidatos, para facilitar na hora do voto. Nos intervalos da votação, os fiscais podem vistoriar a cabine para verificar se há qualquer meio de propaganda eleitoral em seu interior.

O presidente da mesa receptora de votos, verificando ser imprescindível que o eleitor com deficiência seja auxiliado por pessoa de sua confiança para votar, autorizará o ingresso dessa segunda pessoa, com o eleitor, na cabina, podendo esta, inclusive, digitar os números na urna. A pessoa que auxiliará o eleitor com deficiência não poderá estar a serviço da Justiça Eleitoral, de partido político ou de coligação.