IFMA prorroga prazo de inscrição para o Processo Seletivo 2017

Instituto está ofertando 5.980 vagas distribuídas em 24 cidades do estado. 50% das vagas serão destinadas aos candidatos de escola pública.

 Do G1 MA

O pagamento da taxa de inscrição poderá ser feito até o dia 7 de outubro e, em função da greve dos bancários, deverá ser paga nas agências dos Correios em todo o estado. A prova será aplicada nas cidades de Açailândia, Alcântara, Barreirinhas, Bacabal, Barra do Corda, Buriticupu, Carolina, Caxias, Codó, Coelho Neto, Grajaú, Imperatriz, Pedreiras, Pinheiro, Porto Franco, Rosário, Santa Inês, São João dos Patos, São José de Ribamar, São Luís (Centro Histórico, Maracanã e Monte Castelo), São Raimundo das Mangabeiras, Timon, VIANA e Zé Doca.

O IFMA está ofertando 5980 vagas em 37 cursos distribuídos em 24 cidades maranhenses. O seletivo está sendo realizado nas unidades do IFMA em Os cursos serão oferecidos nas formas integrada, concomitante e subsequente.

Na forma integrada, o aluno cursa o Ensino Médio junto com uma formação profissional no IFMA. Na forma concomitante, o estudante faz o curso técnico no IFMA e o Ensino Médio em outra instituição de ensino. Já a forma subsequente é para aqueles que já concluíram ou estão concluindo, em 2016, o Ensino Médio e pretendem obter uma formação profissional.

Em cada curso, 50% das vagas serão destinadas aos candidatos de escola pública. Dessas, metade é reservada aos candidatos com renda familiar bruta igual ou inferior a um salário mínimo e meio. O Instituto reserva também, em cada curso, 5% das vagas para os candidatos com deficiência.

Para mais informações clique aqui.

Cursos

O IFMA tem vagas para os cursos técnicos nas áreas de Administração, Agenciamento de Viagem, Agroecologia, Agroindústria, Agronegócio, Agropecuária, Alimentos, Análises Químicas, Aquicultura, Artes Visuais, Automação Industrial, Biocombustíveis, Comunicação Visual, Cozinha, Design de Móveis, Edificações, Eletroeletrônica, Eletromecânica, Eletrônica, Eletrotécnica, Florestas, Geoprocessamento, Guia de Turismo Nacional, Informática, Informática para Internet, Logística, Manutenção e Suporte em Informática, Mecânica, Meio Ambiente, Metalurgia, Petróleo e Gás, Programação de Jogos Digitais, Química, Redes de Computadores, Restaurante e Bar, Segurança do Trabalho e Vestuário.

Bomba! Bomba e Bomba! Magrado Barros sofre ação de despejo por não pagar aluguel e fazer “gato” de energia elétrica em São Luís

Candidato a prefeito de Viana pelo PSDB deve 45 mil de aluguéis não pagos, além de dívidas com a CEMAR e teve sua casa PENHORADA

exclusivoViana – O enrolado candidato do PSDB, Magrado Barros, alardeado como salvador da pátria de Viana nestas eleições, está sofrendo uma ação de Despejo do senhor Leônidas Evangelista Lima contra Magrado Aroucha Barros e M. S. Aroucha, por não pagamento de aluguéis em uma de suas farmácias em São Luís, além de furtar energia elétrica da CEMAR.

O imóvel do autor do processo fica localizado na Loja Comercial nº 4- Avenida Principal – Quadra 14, Lote 1 – Parque Aurora em São Luís.

Em um trabalho investigativo, com farta documentação do Blog Vianensidades, o leitor pode constatar abaixo que Viana merece alguém mais QUALIFICADO para exercer o importante cargo de prefeito. Magrado Barros é DESONESTO: Não paga seus FUNCIONÁRIOS; não paga ALUGUEL e ainda ROUBA energia elétrica da CEMAR, que é furto qualificado e inafiançável.

Seus aliados e até ex-adversários, hoje, pregam uma MENTIRA em Viana, afirmando que Magrado é um empresário bem sucedido em São Luís. A VERDADE é outra: Magrado está QUEBRADO; suas farmácias estão falidas, sem medicamentos e com apenas alguns funcionários tristes e desmotivados com salários atrasados, como mostram as imagens.

farma 1

Nas prateleiras das farmácias de Magrado Barros em São Luís, apenas alguns pacotes de fraudas. Nenhum remédio

farm 2

Agora imaginem um político enrolado desses pegar a Prefeitura de Viana junto com os cúmplices de Rilva Luis, condenado e procurado pela Polícia Federal? VAI SER O FIM DE VIANA!

tamanduas

O início do processo data de 30 de abril de 2013 e a Sentença Transitou em Julgado em 02.ago.2013, (trânsito em julgado vem a ser termo jurídico para indicar que ele não recorreu e que portanto não cabe mais qualquer recurso, ou seja, a sentença se estabiliza, não podendo nunca mais ser reformada ou alterada).

O Blog Vianensidades  printou a movimentação do processo extraída diretamente do site do TJ/MA. Essa movimentação é pública, podendo ser consultada por qualquer pessoa, bastando lançar o número do processo ou o nome da pessoa: jurisconsult.tjma.jus.br – basta informar o número do processo: 184932013.

Para o leitor entender o andamento do processo, deve ir verificando a movimentação do fim para o começo, ou seja, da última página para a primeira.

CONHEÇA OS PRINCIPAIS DETALHES DO PROCESSO Nº 184932013, CUJO RÉU É MAGRADO BARROS. CLIQUE AQUI E LEIA OS DOCUMENTOS DO PROCESSO.

f1 f2 f3 f4 f5

ANDAMENTO DO PROCESSO:

No dia 21.maio.2013, página 14, o juiz nega a liminar de despacho (aqui o juiz tem mesmo que negar por que o autor do processo pra conseguir essa liminar teria que depositar 3 meses o valor do aluguel o que é uma exigência da lei, e como o cara já esta no prejuízo, prefere não arcar com esse custo).

No dia 03.jul.2013, página 13, o processo é Sentenciado, e Magrado é condenado à Desocupar o Imóvel de forma voluntaria, o que não ocorreu. Foi condenado ainda no pagamento dos valores de aluguéis em atraso, que naquela data perfaziam o valor de R$ 12.946,64.

A Sentença Transitou em Julgado em 02.ago.2013, pagina 12. (transito em julgado vem a ser termo jurídico para indicar que ele não recorreu e que portanto não cabe mais qualquer recurso, ou seja, a sentença se estabiliza, não podendo nunca mais ser reformada ou alterada).

No dia 09.agosto.2013, pagina 11, o Juiz determinada a expedição do mandado de DESPEJO.

No dia 22.agosto.2013, pagina 10, o Oficial de Justiça devolve o Mandado para o Processo com a finalidade atingida (quando o Oficial de Justiça devolve mandado com a rubrica finalidade atingida, isso quer dizer que ele cumpriu com a determinação que constava no mandado, ou seja, se o mandado era de despejo, sinal que o despejo foi cumprido).

No dia 10.setembro.2013, pagina 10, o juiz atualiza o débito (juros e correções monetárias), que chega a $ 27.876,73, e determina que seja penhorada via BACENJUD (penhora nas contas bancarias).

No dia 24.setembro.2013, ainda na pagina 10, o juiz profere despacho informando que encontrou apenas R$ 589,53 na conta de Magrado, e por ser valor irrisório, resolve não bloquear.

No dia 07.julho.2014, pagina 8, o juiz, por não ter achado dinheiro nas contas da empresa de Magrado, resolve mandar penhorar dinheiro nas contas da Pessoa física.

No dia 08.agosto.2014, pagina 7, o juiz profere outro despacho, informando que na conta da pessoa física foi encontrado apenas R$ 232,19 que também não interessa pra justiça, pois vem a ser valor muito irrisório considerando o total do debito. O Juiz não bloqueia o dinheiro.

No dia 29.janeiro.2015, pagina 5, o juiz atualiza o debito, chegando na quantia de R$ 45.266,26 (Quarenta e cinco mil reais) e manda bloquear novamente dinheiro nas contas da empresa e da pessoa física.

Dia 06.abril, final da pagina 4 e inicio da pagina 5, a penhora desse valor foi frustrada (nada nas contas).

 

DIA 02.SETEMBRO.2015, PÁGINA 3, O JUIZ MANDA PENHORAR O IMÓVEL RESIDENCIAL DE PROPRIEDADE DE MAGRADO.

Dia 20.novembro.2015, página 3, o Oficial de Justiça devolve o mandado com a finalidade atingida, ou seja, a casa foi penhorada.

Dia 04.janeiro.2016, pagina 2, Magrado entra com uma Impugnação (esta impugnação vem a ser uma espécie de Recurso, aplicado propriamente nessa fase do processo, onde a pessoa se insurge contra uma penhora ou constrição de bens, como foi aqui o caso).

Ao final, o Advogado do Credor foi intimado para falar sobre a Impugnação apresentada por Magrado. O prazo esta correndo ainda.

 

 

 

“Não vamos mexer no que está dando certo”, diz Gastão Vieira em apoio ao prefeito Chico Gomes

FNDE, Gastão Vieira (Foto: Eliza Fiúza/Agência Brasil)
FNDE, Gastão Vieira (Foto: Eliza Fiúza/Agência Brasil)

O ex-ministro do Turismo e ex-deputado federal Gastão Dias Vieira (Pros) e presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), órgão é responsável pela execução de políticas educacionais do Ministério da Educação (MEC) e convênios na área de Educação com os 26 Estados e Distrito Federal, gravou direto de Brasília, mensagem de apoio irrestrito à reeleição do Prefeito Chico Gomes.

Gastão que esteve duas vezes em Viana na eleição passada, na condição de Ministro do Turismo, afirmou o prefeito terá todas às condições e as portas abertas do FNDE para que o gestor consiga levar para Viana, as escolas, as creches, os ônibus para melhorar ainda mais a Educação do Município.

Leia a íntegra da declaração de Gastao Vieira, no vídeo abaixo:

“Amigos e amigas de Viana,

O Prefeito Chico Gomes tem o meu apoio para se reeleger prefeito. Por duas vezes fui a Viana para mostrar quem é Chico Gomes, sua história, o seu passado e a sua contribuição para o futuro.

Como o ajudei durante o período que ele foi prefeito com algumas obras do Ministério do Turismo, eu fico a vontade para voltar a Viana e pedir pra vocês: renove o mandato de Chico Gomes. Com certeza, nesse ambiente conturbado que nós estamos passando, o nosso país e o nosso estado, a reeleição de Chico Gomes dará tranquilidade para o povo de Viana.

Eu, pessoalmente, assumo novamente o compromisso de aqui do FNDE abrir todas as condições para o nosso prefeito Chico Gomes consiga levar as ESCOLAS, AS CRECHES, OS ÔNIBUS, enfim, tudo aquilo que ele precise levar para o povo de Viana”.

Em tempo:

Gastão Vieira e o deputado federal Aluísio Mendes serão dois dos grandes destaques políticos no megacomício no bairro Vinagre, nesta quarta-feira (28) na reta final da vitoriosa campanha do 12 em Viana.

“>